quarta-feira, 25 de março de 2009

TODO TEMPO É TEMPO DE AMAR



Amor, um sentimento tão difícil de ser encontrado...
Parece loucura dizer isso, contudo a verdade é que todos os males que existem hoje ocorrem devido a falta de amor, ou melhor, há muitas pessoas que não acreditam no amor ou acreditam nele da forma como bem entendem, como algo efêmero, que se desgasta com o tempo, contudo isso é realidade para quem não cuida bem do seu amor. Por essa razão há tantas famílias mal constiuídas, tantas traições dentro de um lar, tanto sofrimento em vão por falta de amor, tanta entrega em vão, tanta falta de respeito pelos sentimentos alheios, tantas pessoas que fazem as outras sofrer em prol de suas necessidades passsageiras, enfim 'amores imperfeitos são as flores da estação'.
O amor que é constituído conforme o coração de Deus, é algo eterno, assim como diz a lei:
'O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba.'
Saber amar é um dom de poucos, é algo muito complicado, porém quando se tem um sentimento puro o mesmo pode trazer alegrias imensuráveis. Ninguém é capaz de expôr corretamente todos os segredos do amor, afinal de contas não há segredos no amor, o que há são apenas caminhos longos e pedregosos, pois como esse sentimento é o que se tem de mais valioso sempre haverá muitas dificuldades para alcançá-lo.
Infelizmente as coisas terrenas sempre vão estar contra o amor, as necessidades e as seduções oferecidas pela mídia e pelas pessoas que vivem em busca de auto-afirmação também estarão constantemente nos chamando a remar no sentido oposto da vontade de Deus. A frieza das pessoas tentará abafar tudo o que temos de mais profundo, elas tratarão o amor como algo intenso e descartável, nos infuenciarão a fazer do amor um jogo, uma novela, um reality show, etc.
Cuide bem do seu amor...
...tente imaginar se você tivesse apenas uma casa de pau a pique, uma rede e um rádio com AM e FM, será que você conseguiria ser uma pessoa feliz?
A única forma de se ter felicidade em tais condições é com AMOR, por isso devemos valorizar as pessoas que nos aceitariam e nos amariam nessas situações, sem maquiagem, sem nenhum atrativo externo. Todos nós devemos cuidar do nosso corpo, satisfazer nossos desejos fúteis, mas viver em função das coisas do mundo, de amizades de verão, de prazeres momentâneos é pura ilusão e está longe do conceito divino de felicidade.
Hoje, somos tratados como um produto, nos maquiamos, nos perfumamos, colocamos roupas extremamente caras, enfim, somos embalados para o uso de outras pessoas, as quais logo após esse uso talvez até se esqueçam do nome do produto depois de um certo tempo. Por outro lado, tudo o que você planta em solo fértil e cuida com muita atenção jamais perderá a sua essência, passam-se ventos e temporais e aquela árvore ainda estará intacta, todas as folhas e flores podem ser retiradas, mas a árvore ainda estará lá pronta para dar novos frutos quando lhe forem fornecidos os nutrientes necessários.
É algo que devemos estar sempre atentos, a vida é muito curta, as pessoas especiais são raras, mesmo que a gente tenha 3 “orkuts” lotados de amigos, se um dia precisarmos de algo e estarmos incapazes de fornecer de fornecer algo em troca são raríssimos os que irão nos ajudar. O sentido da vida é encontrado apenas quando aprendemos a viver o amor, seja de pai, irmão, parentes, amigos, esposos. O futuro sempre será o resultado do que plantamos agora, não devemos deixar quem a gente ama para trás e todas as coisas nos levarão a fazer isso, são necessárias muitas bênçãos, muita força, muita personalidade, muita determinação e muita complascência para dar esse rumo tão abençoado na nossa vida. As respostas do amor não são imediatas como o que vemos nas teorias científicas, na televisão, etc. Elas levam um certo tempo até que a gente tome ciência, assim como tudo que é divino, esse é o amor...
Ainda que você seja o mais popular do colégio...
Ainda que você seja uma das principais figuras nas festas de sua turma...
Ainda que você tenha diversas histórias para contar...
Ainda que o seu celular toque 24 horas por dia...
Ainda que você conheça todas as coisas que o mundo oferece...
Ainda que você seja a pessoa mais inteligente e bem-sucedida em seu meio...
Ainda que você sempre faça a sua oração...
Ainda que você conheça os quatro cantos do mundo...
Ainda que você vá à todos os lugares que te dêem algum prazer...
Ainda que você se entregue nos braços das pessoas mais cobiçadas...
Ainda que seja livre para as coisas do mundo...
Ainda que você desfrute de todos prazeres passageiros...
Ainda que você sinta a energia de um som eletrizante...
Ainda que você deixe todos sorridentes com atos excessivos...
Ainda que todos falem sobre você...
Ainda que você fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor...
Realmente você não será nada.
O amor te levanta nas horas que te derrubam, te mantém em pé nos períodos de turbulência, te faz sorrir nas horas que você não encontra nenhum motivo para isso, esse sentimento é eterno e não pode ser deixado, não pode ser desprezado, assim como tudo que é sagrado. A paz que esse sentimento transmite pode ser abalada devido a sua simplicidade e a coisa mais complicada no amor é não deixar que sentimentos agudos, como as paixões pelas coisas do mundo abafem um sentimento tão humilde e sem necessidade de grandes expressões devido a sua constância.
Bem, concluo então que devemos viver a vida para o amor e pelo amor e raras são as pessoas que procuram esse caminho pela simples explicação: é o mais difícil e o menos atraente. Contudo a lei de Deus nos diz que poucos são que entrarão pela porta estreita e é por essa porta que devemos entrar, amando e cuidando de quem a gente ama.
Fique com Deus e muito amor no coração! Não se esqueçam do principal mandamento: amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.

Alex de Oliveira Dutra